HORÁRIO DAS MISSAS

Igreja Matriz
Quarta-feira, às 19h30min
Domingo, às 10h
Sábado, às 19h

Comunidade
São Pedro
Domingo, às 18h30min
Quinta-feira, às 20h

Menino Jesus
Terça-feira: 19h30min
Domingo, às 9h

A Paróquia


Breve Histórico

A Paróquia Nossa Senhora da Saúde foi erigida no dia 4 de Julho de 1995, por provisão do Sr. Arcebispo de então Dom Altamiro Rossato, sendo ela desmenbrada da Paróquia Santo Antônio. Sua comunidade se caracteriza sobretudo por um grande espírito missionário, o que fez da Paróquia um grande centro de espiritualidade e promoção humana nos bairros onde ela está presente.

Fotos que contam a história. [clique aqui]


Veja as fotos da construção da Igreja [clique aqui]

Carta da Assembleia de Pastoral Paróquial

Nós, participantes da Primeira Assembleia de Pastoral da Paróquia Nossa Senhora da Saúde de
Alvorada, reunidos no dia 14 de março de 2010, com o objetivo de formarmos uma ação pastoral
de unidade, formulamos esta carta Pastoral, retirada de todas as ideias apresentadas na
mesma Assembleia, pelo pároco e coordenação do Conselho de Pastoral Paroquial, com os
coordenadores e representantes de cada grupo, pastoral e movimento de nossa paróquia se
compromete a colocar em prática o que nesta carta contém, a saber:

1. Unidade

Bem sabemos que para uma comunidade ser digna de ser chamada por este nome ela precisa viver a unidade em todos os sentidos. Por isso, viemos nos comprometer a promover a unidade entre os fiéis de nossa comunidade, a começar por cada grupo, tendo em vista que a dedicação e a
co-responsabilidade tornam a comunidade vibrante, ativa e acolhedora. Aprendermos a não falar mal dos outros, mas sempre bem, e ser houver algum tipo de problemas, não criar divisões. De maneira concreta, nos comprometemos a não criar inimizades e rivalidades entre os grupos e pastorais, buscaremos resolver nossos problemas dentro do próprio grupo junto com o pároco, e caso, em situação extrema, levaremos nossos problemas para o CPP, a fim de que a oração e a intervenção dos irmãos sejam estímulos para solucionar eventuais problemas de discórdia e divisão.

2. Missa Dominical

Como sinal profundo de unidade entre todos os grupos e pastorais, a celebração eucarística dominical dever ser o centro de toda expressão de nossa fé, porque Cristo é compartilhado na Hóstia igualmente a todos e por isso somos irmãos na graça, não havendo maior nem menor, somos membros da Igreja e cada missão deve ser realizada neste mesmo espírito. Por isso, nos
comprometemos a divulgar e incentivar a participação dominical da missa a todos os membros fiéis de nossa paróquia, elevando-a a um grau de prioridade pastoral do grupo, superando inclusive demais atividades como retiros e encontros paralelos.

3. Missão Continental

Seguindo a linha apresentada pelos bispos latino-americanos em Aparecida, no ano de 2007 e que serve de caminho para a Igreja na América Latina, queremos nos unir a toda Igreja no Continente nesta missão. Por isso, nos comprometeremos a elaborar um plano de ação missionária, a fim de resgatar aqueles que estão afastados, ou que buscam a comunidade em situações especiais como os sacramentos.

4. Formação de Agentes

Tendo em vista o grande desafio da evangelização e, muitas vezes a necessidade de uma melhor formação cristã para o enfrentamento no mundo de hoje, nos comprometemos a qualificar a
formação de pessoas nas mais variadas áreas do conhecimento da fé, formando grupos de reflexão espontâneo, (ex. círculos bíblicos), grupos de estudo nos grupos e pastorais (ex. Pós encontro do ECC; Encontro de Renovação do MCJ...), e envio de agentes para formação fora da paróquia (PUC, Centro de Pastoral...). Percebemos ainda a necessidade de uma formação litúrgica aberta e atuante.

5. Missão Cotidiana

Ligada ao aspecto anterior, percebemos a necessidade de assumirmos a missão de maneira mais ativa no mundo, sabermos falar mais de Deus às pessoas, não tendo receio de dizer da alegria de ser Igreja, membro de Cristo, Batizados no Espírito Santo. Por isso, nos comprometemos a criar uma espiritualidade essencialmente católica, ou seja, que esteja ligada à Igreja (ex. terço mariano, adoração Eucarística, Encontros de Advento e Quaresma...). Esta espiritualidade deve ser incentivada especialmente nas famílias e nos grupos. Também iremos solicitar ao pároco cartas-convites para que todos se sintam convidados a participar de nossa comunidade.

Enfim, nos comprometemos a ler com os membros de nossos grupos esta carta pastoral, estudá-la com os mesmos, traçar metas para colocá-la em prática, enviá-la a todos os dizimistas da paróquia. E, no próximo ano, nos comprometemos a avaliá-la na assembleia que será organizada, a pedido dos participantes deste ano. Que Deus nos ajude, pela intercessão da Bem-aventurada Virgem Maria, Nossa Senhora da Saúde, a fazermos de nossa paróquia um lugar de encontro com Cristo, para que todos os que a ela procuram.

Alvorada, 28 de abril de 2010.

Representantes dos grupos, pastorais e movimentos da Paróquia Nossa Senhora da Saúde - Alvorada

Histórico do Vicariato de Gravataí


Em 2001, o Arcebispo de Porto Alegre, Dom Dadeus Grings, divide a Arquidiocese em seis Vicariatos, para melhor servir as comunidades e buscar soluções pastorais específicas dentro da realidade desdta porção do povo de Deus.

Em 06 de abril de 2001, nasce o Vicariato de Gravataí, que tem como primeiro vigário
episcopal Mons. Aloysio Irineo Flach.

Olhando para a realidade foram escolhidas as seguintes prioridades: Pastoral da acolhida; formação de agentes e Missões populares, sem esquecer a caridade com as Pastorais Sociais.

No início, o Vicariato ficou dividido em três áreas: Gravataí (Gravataí, Cachoeirinha e
Glorinha), Alvorada  e Viamão com um total de 755 mil habitantes, 22 paróquias, 190
comunidades  e 30 padres.

Atualmente o Vicariato está dividido em 4 Áreas: Gravataí, Alvorada, Cachoeirinha, Viamão, tem 27 paróquias, 39 padres (11 religiosos e 28 diocesanos), 870 mil habitantes e 205 comunidades.

No dia 17 de março de 2006, com a ordenação de Dom Alessandro Ruffinoni o Vicariato passa a ter o seu Bispo, que toma posse no dia 02 de abril de 2006. O  Seminário menosr de Gravataí é a sede do Vicariato.

Um novo fervor e entusiasmo começa a contagiar a todos. O desejo de caminharmos juntos, para melhor servir a comunidade torna-se a nossa meta. A pesquisa realizada no mês de Outubro de 2006 e a assembléa geral das forças vivas do Vicariato ajudaram a conhecer melhor a realidade e, assim definir as novas prioridades:

  • Acolhida - Formação - Capacitação
  • Organização Pastoral - Integração
  • Missões populares - Visitas.
  • Juventude - Vocações.
  • Pastoral do Dízimo.

Objetivo Geral:

Evangelizar à luz da Palavra o povo de Deus, acolhendo-o com misericórdia, incentivando-o pela visita fraterna e formando agentes de pastoral, para juntos participar da construção de uma sociedade justa e solidária a caminho do Reino definitivo.


Benfeitor

Supermercado Teka

Benfeitor