HORÁRIO DAS MISSAS

Igreja Matriz
Quarta-feira, às 19h30min
Domingo, às 10h
Sábado, às 19h

Comunidade
São Pedro
Domingo, às 18h30min
Quinta-feira, às 20h

Menino Jesus
Terça-feira: 19h30min
Domingo, às 9h

Orações


Consagração à Nossa Senhora

Ó Minha Senhora e minha mãe! Eu me ofereço todo a vós, e em prova de minha devoção para convosco, eu vos consagro, neste dia(nesta noite), meus olhos, meus ouvidos, minha boca, meu coração e inteiramente todo o meu ser. E porque assim sou vosso(a), ó incomparável Mãe, guardai-me e defendei-me como filho(a) e propiedade vossa, Amém!

Oração a Nossa Senhora da Saúde

Oh! Manancial de vida! Fonte perene da nossa saúde, grande Rainha dos Céus, Maria, volvei, vos imploro, para mim, o olhar benigno de vossa misericórdia. Livrai-me da mancha de minhas gravíssimas culpas, e com o favor de vossa poderosíssima intercessão, fazei que eu consiga da Divina Magestade, com a salvação de minha alma, a perfeita saúde do corpo e aquela graça da qual tanto necessito e que vos recomendo a fim de que, podendo melhor servir-vos e louvar-vos nesta vida, venha depois, um dia a amar-vos e agradecer-vos para toda a eternidade feliz no Céu.

Não queirais, ó Mãe da Saúde, desprezar as minhas súplicas, mas, benigna, escutai-me, atendei-me e salvai-me. Assim seja.

Rezar Três Ave-Marias


Oração em honra a Nossa Senhora da Saúde


Virgem puríssima, sois a saúde dos enfermos, o refúgio dos pecadores, a consoladora dos aflitos e a despenseira de todas as graças. Na minha fraqueza e no meu desânimo, apelo hoje para os tesouros da Vossa misericórdia e bondade e me atrevo a chamar-vos pelo doce nome de Mãe. Sim, ó Mãe, atendei-me nesta enfermidade, dai-me a saúde do corpo, para que possa cumprir os meus deveres com ânimo e alegria, e com a mesma disposição servir ao vosso Filho Jesus e agradecer a vós, Saúde dos enfermos. Amém.


Bênção de Nossa Senhora da Saúde


Que o Senhor Jesus Cristo esteja convosco para que vos defenda.
Esteja a vossa frente para que vos guie!
Esteja atrás de vós para que vos guarde!
Esteja dentro de vós para que vos conserve!
Esteja acima de vós para que vos abençoe!
O qual, com o Pai e o Espírito Santo, vive e reina pelos séculos!
Amém
Debaixo de vossa proteção nos refugiamos
Oh, Santa Mãe de Deus, não desprezeis as nossas súplicas em nossas
necessidades, mas, livrai-nos sempre de todos os perigos,
ó Virgem Gloriosa e Bendita!
Senhora nossa!
Medianeira nossa!
Advogada nossa!
Com vosso Filho, Reconciliai-nos!
A vosso Filho, apresentai- nos!
A vosso Filho, recomendai- nos! Amém.
Pela intercessão da Bem - Aventurada Virgem Maria. Nossa Senhora da Saúde, Mãe e Padroeira, a benção de Deus Todo Poderoso, Pai, Filho e Espírito Santo desça sobre todos nós e permaneça para sempre. Amém

 


Nossa Senhora da Saúde

Ritos Iniciais

Sugestões:

  1. Ofereça uma penitência.
  2. Comece com um cântico à Nossa Senhora (todos os dias).
  3. No final de cada dia, se possível, reze o Rosário ou o Terço e escolha um cântico à Nossa Senhora (sugerimos alguns no final do livro).

Vinde Senhor em meu auxílio,
Socorrei-me sem demora.

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio agora e sempre, por todos os séculos dos séculos. Amém.

Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos Vossos fiéis e acendei neles o fogo do Vosso amor. Enviai, Senhor, o Vosso Espírito e tudo será criado e renovareis a face da terra.

Oremos: Ó Deus que instruistes os corações dos vossos fiéis com a luz do Espírito Santo, fazeii que apreciemos retamente todas as coisas segundo o mesmo Espíto e gozemos sempre da Sua consolação por Cristo Senhor Nosso. Amém.

Oração Preparatória

Ó, Senhora da Saúde, Mãe e protera de (nome da cidade), Advogada dos doentes e dos aflitos, vinde nos atender em nossas necessidades, vinde nos socorrer em nossas enfermidades, vinde nos consolar!

Volvei vosso olhar magnânimo e piedosíssimo, protegendo - nos nas horas de nossos apuros. Ouvi nossos rogos que com a maior confiança lançamos aos vossos pés, imploramos o auxílio e o perdão. Visitai os nossos lares, quando a dor os rondar insistente e perniciosamente.

Aliviai- nos e pressurosa nos atendei, ó Senhora da Saúde, quando bater à nossa porta a doença ou a infelicidade.

Não fiamos em nossos merecimentos nem em nossas obras, mas sim nos méritos infinitos de Jesus e no vosso maternal amor, porque sois a toda-poderosa, quando suplicais. Amém.

Jaculatória

Ó Senhora da Saúde, advogada de (nome da cidade), aos devotos seus ajude, onde seu nome ecoa!
Pai - Nosso, Ave - Maria e Glória ao Pai.

Primeiro Dia
Nascimento de Maria nos esplendores divinos

Liturgia da Palavra
Provérbios 8, 22 - 35
Evangelho de São Mateus 1,1 - 6

Deus que fez o Céu, a Terra e tudo que nela contém, no sexto dia criou o homem, à Sua imagem e semelhança para gozar eternamente de um paraíso superabundante de delícias.

Cai Adão em pecado, induzido por sua companheira Eva. Acusa-o o demônio e lhe perdoa a Piedade Divina, oferecendo-se à Segunda Pessoa da Santissíma Trindade para satisfazer, por Adão, a culpa que havia cometido.

No mesmo instante e hora, surgiu nos desígnios de Deus aquela que haveria de ser Mãe do Filho dEle.

Eis, pois, ó alma devota, como Maria já antes dos séculos deveria ser a mais santa, a mais pura e a mais estimada criatura aos olhos do Altíssimo e desde então Advogada e Mãe dos miseráveis pecadores. Nossa Senhora da Saúde, Auxiliadora dos Cristãos, Consoladora dos Aflitos, Saúde dos Enfermos, Padroeira de (nome da cidade).

Ladainha de Nossa Senhora

Senhor, tende piedade de nós.
Cristo, tende piedade de nós.
Senhor, tende piedade de nós.
Jesus Cristo, ouvi-nos.
Jesus Cristo, atendei-nos.
Deus Pai do Céu, tende piedade de nós.
Deus Filho Redentor do mundo, tende piedade de nós.
Santíssima Trindade que sois um só Deus, tende piedade de nós.
Santa Maria, rogai por nós.
Santa Mãe de Deus,
Santa Virgem das Virgens,
Mãe de Jesus Cristo,
Mãe da Divina Graça,
Mãe Puríssima,
Mãe Castíssima,
Mãe Imaculada,
Mãe Amável,
Mãe Admirável,
Mãe do Bom Conselho,
Mãe do Criador,
Mãe do Salvador,
Mãe da Igreja,
Virgem Prudentíssima,
Virgem Venerável,
Virgem Louvável,
Virgem Poderosa,
Virgem Benigna,
Virgem Fiel,
Espelho da Justiça,
Sede de Sabedoria,
Causa de nossa alegria,
Vaso Espiritual,
Vaso Honorífico,
Vaso insígne de devoção,
Rosa Mística,
Torre de Davi,
Torre de Marfim,
Casa de Ouro,
Arca da Aliança,
Porta do Céu,
Estrela da Manhã,
Saúde dos Enfermos,
Refúgio dos Pecadores,
Consoladora dos Aflitos,
Auxílio dos Cristãos,
Rainha dos Anjos,
Rainha dos Patriarcas,
Rainha dos Apóstolos,
Rainha dos Mártires,
Rainha dos Confessores,
Rainha das Virgens,
Rainha de todos os Santos,
Rainha concebida sem pecado,
Rainha assunta ao Céu,
Rainha do Santo Rosário,
Rainha da Paz,
Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, perdoai-nos, Senhor!
Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, ouvi-nos, Senhor!
Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós, Senhor!

Rogai por nós, Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém.

Oração Final

Ó soberana Rainha dos Céus e da Terra, Virgem Senhora da Saúde, escolhida desde a eternidade para ser Mãe de Deus, nós vos oferecemos o limitado obséquio desta novena e súplicas, e vos rogamos, piedosa Senhora, já que poderosa sois diante de Deus, alcanceis uma fé viva, uma esperança firme e uma caridade ardente. Amém.


Segundo Dia
Seu nascimento no tempo

Ritos Iniciais
Liturgia da Palavra
Provérbios 31, 30 -31
Evangelho de São Lucas 2, 43 - 51


Esquecidos os homens de seu Eterno Criador e mais que tudo engolfados no abismo de suas misérias, acode a divindade toda poderosa, abrindo o inefável tesouro de Sua infinita misericórdia, dando ao mundo aquela que haveria de vir como remédio de todo o gênero humano. Manda um anjo anunciar à Santa Ana e a São Joaquim que suas preces foram ouvidas e aceitas as suas lágrimas.

Por um parto milagroso, tanto pelo avanço da idade, como pela natural esterilidade, daria Santa Ana ao mundo uma filha que seria a Mãe do Messias Prometido.

Nasce aquela brilhante aurora, Maria Santíssima, a mais formosa que a lua, e mais resplandecente que o sol.

Alegrem-se os Espíritos Celestes! Confundam-se os homens na Terra e assustem-se os demônios no inferno, pois nasceu aquela que pisaria sobre a cabeça da infernal serpente; aquela mulher forte, que revestida de Sol, calçada da lua apareceria coroada de doze estrelas à frente de um bem ordenado exército de graças e virtudes em triunfos e glórias; aquela Mãe desejada e há tantos séculos, prometida, a Virgem Senhora da Saúde.

Junto a seu trono, pleno de misericórdia e bondade e com lágrimas de devoção, peçamos que nos ampare com seu patrocínio, alcançando-nos de Deus eficaz auxílio e um remédio seguro de Sua graça. Amém.

Ladainha de Nossa Senhora

Oração Final:

Ó dulcíssima Virgem Maria, Senhora da Saúde, reverentes celebramos vosso santo nascimento. Nós vos suplicamos, aceiteis nossos humildes rogos, alcançando-nos de Deus um perfeito dom de graça, a fim de que possamos surgir do infeliz estado da culpa para perfeita vida sobrenatural. Amém.

Terceiro Dia

Maria é amor e consolação

Liturgia da Palavra
Provérbios 31,10-31
Evangelho de São Lucas 3, 23-38

Sua vida oculta no templo de Jerusálem por três anos já cantava nossa Puríssima Virgem, quando seus pais, Joaquim e Santa Ana, por determinação do Altíssimo se encaminharam ao templo para apresentar ao Senhor nova oferta daquela pomba cândida, entregando-a a São Simão e Santa Ana, a viúva, que viveu anos no templo, sob cujos cuidados viveria Maria até que chegasse o tempo de seus desposórios.

Estava a Virgem matriculada na Escola Sacerdotal do Templo de Jerusálem. Despedem-se os pais enternecidos da Filha amada e, sem poderem sustar as lágrimas, apertam-na em amorosos amplexos, lançando-lhe as bênçãos por entre suspiros veementes. De joelhos, Maria se despede, beijando-lhes as mãos, deixando-os saudosos, em lágrimas, tristes, voltando para Nazaré. Quantas vezes deixamos desconsolada nesta amoríssima Mãe, quando por satisfação de nossos desejos deixamos seu Filho e, obstinados na culpa, deixamo-Lo sem o procurar na fonte da Penitência.

Ladainha de Nossa Senhora

Oração Final
Ó Poderosíssima Senhora da Saúde, aceitai de nossos humildes corações as presentes súplicas que vos fazemos, alcançando-nos de Deus um pequeno raio de Sua divina luz, para que saibamos procurar no Santo Templo o remédio de nossa solução. Amém.

Quarto Dia

Seus desposórios

Liturgia da Palavra
Isaías 7,10-15
Evangelho de São Mateus 1,18-25

Maria contava catorze anos de idade e seis meses de seus desposórios com São José, quando chega o tempo de cumprirem as determinações dos Divinos Oráculos e de  se conhecer a grande fineza que por nós obrou no Deus Eterno em se fazer homem. Manda o anjo Gabriel a uma cidadezinha de Nazaré para anunciar à donzela que dela nasceria o Filho de Deus feito homem, para remédio e salvação dos homens, ficando ela virgem, como antes.

Entra o anjo no oratório, onde se achava de joelhos a divina senhora em êxtase naquela tardinha tão amena da Palestina.

"Ave, cheia de graça, o Senhor é contigo", disse o anjo. O anjo animou-a, tornando-se a dizer "não temais, Maria, porque achaste graça diante do Senhor, digo-vos pois que concederás e darás à luz a um Filho que se chamará Jesus; Este será grande e portentoso em obras e reinará eternamente na casa de Jacob e Seu reino não terá fim. Disse-lhe então Maria "de que modo se fará isto, pois não conheço homem algum?. O anjo respondeu: "O Espírito Santo virá sobre ti e a força do Altíssimo te cobrirá com a Sua sombra, motivo por onde o Fruto que nascer do vosso ventre, será chamado Filho de Deus".

Ante tal locução, Maria Santíssima falou: "Ofereço-me como humilde escrava do Senhor, para que se cumpra em mim o que vós dizeis".

Neste momento, do sangue mais puro de Maria se formaria ao seu ventre o Corpo Santíssimo de Cristo, unindo-se a Ele a um tempo a Alma e a Divindade, numa união hipostática, verdadeiro Deus e verdadeiro Homem.

Eis a firmeza que Deus por nós realizou, a fim de que nos abrisse a porta da Glória e nos desse a Sua Mãe por nossa Mãe. Amém.

Ladainha de Nossa Senhora

Oração Final

Ó, esclarecida Mães de Deus, Senhora da Saúde, Virgem antes o parto, no parto e depois do parto, pela grande alegria que tivestes, quando fostes escolhida para Mãe do Divino Verbo, alcanceis de vosso Filho o verdadeiro caminho. Amém.

Quinto Dia

Materniade de Maria

Liturgia da Palavra
São Paulo a Tito 2,11-15
Evangelho de São Lucas, 1,26-38

Dois são os grandes motivos que temos para merecermos o título de filhos da Mãe de Deus. Primeiro, por ser a Virgem Maria, Mãe de Deus e Homem verdadeiro; segundo, porque assim falou Cristo pregado na Cruz: "Mulher, eis aí teu Filho", entregando-lhe João por filho, que nos representa e, olhando para João, disse: "Eis aí, filho, a tua Mãe".

Somos filhos de tão doce Mãe. Procuremos com constância sermos fiéis devotos. Conheçamos nossa gratidão e, com as mais enternecidas lágrimas, abracemos seus sagrados pés, prometendo ser, doravante, seus filhos diletos. Amém.

Ladainha da Nossa Senhora

Oração Final

Ó, dulcíssima Virgem Maria, Senhora da Saúde, terníssima Mãe dos desgradados filhos de Eva, reverentes, aos vossos pés, oferecemos nossos votos que, como humildes filhos, fazemos atender piedosíssima Mãe, quão pouco valemos sem a vossa proteção e alcançai-vos de vosso Santíssimo Filho a graça para que saibamos agradecer a grande fineza que nos fez em nos dar a vós por nossa Mãe e Senhora. Amém.

Sexto Dia

Vida oculta em Nazaré

Liturgia da Palavra
São Paulo aos Colonossenses 3,12-17
Evangelho de São Marcos 2,39-40

Quais seriam os singulares dotes de pureza com que o Eterno Senhor adornaria a alma de Maria que, desde antes dos séculos, se destinaria para Mãe Sua? Quais seriam as grandes excelências em que a Trindade Santíssima a ilustraria mais sublime que os anjos? Jamais a mais leve sombra ofuscou o resplendor de sua pureza; suas ações foram, portanto, Maria, o singular portento de toda pureza, o claríssimo espelho da Santa Virgem da Castidade. Amém.

Ladainha de Nossa Senhora

Oração Final

Ó, puríssima Virgem, Senhora da Saúde, espelho terníssimo de pureza, aceitai os humildes afetos com que rememoramos vossa Santa Virgindade e Imaculada Conceição. Infundi, ó Virgem pura, em nossos corações, o esplendor da pureza para que em nós prevaleça a virtude da castidade e pureza. Amém.

Sétimo Dia

Maria, símbolo das virtudes

Liturgia da Palavra
Hebreus 1,1-12
Evangelho de São Lucas 2,42-52

Desde o instante de sua Conceição puríssima, foi Maria um mar imenso de todas as graças e em grau tão superior que não só excedeu a cada um dos justos, em particular, mas a todos os santos e espíritos celestes. No mesmo instante da Conceição foram-lhes infusos os hábitos de toda virtude.

Pela fé, teve logo todo conhecimento da divindade de Deus, das três Pessoas da Santíssima Trindade com todos os Seus atributos e perfeições, por um modo inteiramente altíssimo.

Pela virtude da caridade, naquele mesmo momento, amou tão intensamente a Deus que todo amor dos anjos, arcanjos, querubins e serafins.

Nessa mesma ocasião resplandeceram sobre ela toda a perfeição, todas as virtudes morais e naturais, as sete dores e os doze frutos do Espírito Santo. Entornou-lhe Deus de imediato uma ciência infusa com que conheceu todas as causas naturais e sobrenaturais com tanta perfeição que superou todas as criaturas do Céu e da Terra. Neste interim foram criados o corpo e a alma de Maria, não só para celeiro da divindade, como para ser o exemplar de todas as virtudes.

Ladainha de Nossa Senhora

Oração Final

Ó, virtuosíssima Virgem, Senhora da Saúde, assim como merecestes receber de Deus o grau superior de todas as virtudes, assim também recebei os humildes rogos que vos fazemos, a fim de que resplandeça em nós especial desejo de seguirmos o exemplo de vossas virtudes, firmes na fé, na esperança e na caridade. Amém.

Oitavo Dia

Maria coluna firma da Igreja

Liturgia da Palavra
Isaías 55,1-3 e 5
Evangelho de São João 19,25-27

Que seria da primitiva Igreja se Maria não fosse o grande amparo? Que seria dos Santos Apóstolos, se não tivessem por Mestra, Maria, a Senhora?

No tríduo da Paixão de seu benditíssimo Filho, no sacrário de seu puríssimo coração, guardaram-se todos os mistérios da fé e o Evangelho. Por intercessão de Maria, converteu-se Paulo; Pedro chorou seus pecados, os apóstolos se ajuntaram no Cenáculo, onde se animaram na fé, preencheu-se o número do colégio apostólico; os discípulos, os cristãos se purificaram com penitência para esperar a vinda do Divino Paráclito. A Igreja se inicia sob o bafejo da assistência do Espírito Santo, sob a proteção de Maria, espalhando-se por todo orbe. Maria se põe sempre ao lado da Igreja, defendendo-a, protegendo-a e acompanhando-a, como salvaguarda e remédio, no correr dos séculos. Amém.

Ladainha de Nossa Senhora

Oração Final

Ó Virgem puríssima, Senhora da Saúde, Soberana Mestra da Santa Igreja, único asilo dos desgradaçados filhos de Adão, olhai piedosa para nossos filhos e aceitai suas preces para que passemos desta para melhor vida. Amém.

Nono Dia

Maria, imperatriz do Céu e da Terra

Liturgia da Palavra
Apocalipse de São João 12,1-6
Evangelho de São João 2,1-11

Toda a vida de Maria não foi outra coisa senão desvelo, empenho por nós, pecadores. Depois da morte de seu Filho, o desenvolvimento, a grandeza e o aumento da Santa Igreja; para os justos, todo o alívio nas aflições; para os pecadores, seu único refúgio; para os tristes e atribulados, auxílio e para os enfermos, a mais pronta saúde foi sempre Maria. Enfim, para o mundo, todo bem. Chega o tempo de chorar. Termina a vida e despede-se dos Apóstolos que, por inspiração divina, vão ter o momento último neste mundo com ela.

Assistem ao trânsito de Maria, levados pelos Anjos, pelos coros dos Anjos do Céu. Amém.

Ladainha de Nossa Senhora

Oração Final

Ó, suprema Imperatriz do Céu e da Terra, Virgem Senhora da Saúde, querida de Deus Pai, doce Mãe de Deus Filho, digníssima Esposa do Espírito Santo, vós que fostes coroada pela Trindade Santa por Suprema Rainha de todo o universo, lembrai-vos de nós, míseros pecadores.

Olhai para vossos indignos filhos, derramando-lhes bênção.

Nós vos pedimos graças e mais graças para nossa Igreja, para o Sumo Pontífice, para os bispos do mundo inteiro, para os sacerdotes, diáconos e seminaristas. Amém.

 

Nove dias com Nossa Senhora da Saúde

Primeiro Dia

Ó Virgem da Saúde! Minha clementíssima Soberana, ajoelho-me em respeito a vós e, comovido, vos saúdo por ser a Mãe de Misericórdia.

Eu vos venero e vos ofereço meu coração. Quão miserável ele é...

Ah! Movida à piedade pela minha miséria, não vos digneis volver para mim vossos olhos misericordiosos!

Ó, minha Mãe da Saúde, usai de misericórdia para comigo: necessito do vosso socorro... Acendei em mim o fogo do vosso santo amor!

Três Ave-Marias.

Segundo Dia

Ó, Maria! Sois invocada sob o dulcíssimo título de "Refúgio dos Pecadores", tende compaixão de mim! Obtende-me do Coração misericordioso do vosso Filho Jesus o perdão de minhas culpas e a graça de nunca mais O ofender.

Eu vos prometo, ó Mãe bendita que, sustentado pela graça de Deus e confortado pela vossa maternal assistência, vencerei as minhas paixões e viverei na virtude, tornando-me digno do vosso maternal afeto e da eterna bondade do meu amabilíssimo Redentor, Jesus.

Três Ave-Marias.

Terceiro Dia

Ó, cara Mãe da Saúde que vos alegrais em ver os vossos filhos reunidos aos vossos pés. Cheio de confiança, venho ao trono da vossa graça a fim de conseguir misericórdia também para tantos irmãos meus pecadores.

Vosso Coração de Mãe se compadeça deles. Quebrai a obstinação em que vivem e obtende-lhes do vosso Jesus a graça da conversão!

Ó, Virgem Santa da Saúde! Lembrai-vos de que eles também foram remidos pelo Sangue do vosso amado Filho e com as vossas dores. Fazei que vivam da bela vida do amor divino, participando, ainda na Terra, das doçuras inefáveis do Paraíso.

Três Ave-Marias

Quarto Dia

Ó, poderosíssima Senhora, que invocada e tida como a "Saúde dos Enfermos", diante desta vossa representação que me parece dizer: "Tem confiança, filho", ouvi, ó minha Soberana Mãe, a súplice prece de um pobre mortal, aflito por estas doenças que martirizam o corpo: tende compaixão de mim!

Dai-me a graça da saúde! Eu vos prometo que saberei usar desta graça conforme a vontade de vosso Filho Jesus.

E, se achardes que não me convém a saúde corporal, dai-me paciência em minhas cruéis dores, para sofrer por amor dAquele que morreu na Cruz por mim!

Três Ave-Marias.

Quinto Dia

Ó, Mãe amorosa! Permiti que recomende à maternal bondade do vosso Coração, os pobres doentes!

Erguem eles, soluçando, as mãos para vós... Não sois vós a nossa esperança, o alívio dos sofredores, o conforto dos desvalidos?

Ó, Mãe da Saúde, valei-lhes! Ó, Virgem poderosa, lembrai-vos de que vossa oração é onipotente sobre o Coração de Deus! Estendei, pois, vossa mão carinhosa, afastai o mal, restituí-lhes a saúde.

Nunca se ouviu dizer que, tendo alguém recorrido a vós, tenha sido por vós desamparado. Em vós confio. Pelas vossas dores, concedei-me a graça que fervorosamente vos peço.

Três Ave-Marias.

Sexto Dia

Ó Virgem da Saúde, toda pura e sem mancha, vós que agradastes, pela vossa pureza, aos olhos de Deus, verde como os vossos pobres filhos estamos a gemer chorosos, neste vale de lágrimas, sempre combatidos pelas paixões que querem nos arrastar pelo caminho, muitas vezes tortuoso de más inclinações.

Do vosso trono, ó Mãe Puríssima, volvei a nós vosso olhos de ternura e de bondade. Dai-nos pureza de alma e de corpo; fazei que fujamos sempre de todas as ocasiões perigosas deste mundo insensato e escravo do demônio e que, superadas todas as dificuldades, refuljamos perante os olhos de vosso Filho de virginal pureza.

Três Ave-Marias.

Sétimo Dia

Ó, Mãe Santa da Saúde, ao contemplar vossa alma gloriosíssima, vêmo-la como um Sol exuberante de amor para com Deus e com as almas todas.

Quão distantes desta região nós estamos! Não sabemos amar ao nosso Deus e ao nosso próximo. Este coração a tudo se inclina fora de Deus.

Infundi nele, ao menos, uma centelha do fogo que incendeia o vosso Coração, para que possamos firmar nossa alegria em Deus e nos sacrificarmos para o bem de todos. Dai-nos, ó Mãe, esta verdadeira "saúde da alma", para que subamos, guiados pelas vossas mãos maternais e desçamos aos nossos irmãos e irmãs com o orvalho da graça e do perdão.

Três Aves-Marias.

Oitavo Dia

Ó Mãe da Graça, ouvi-me hoje aqui, prostrado aclamando a vossa intercessão.

Abençoai esta alma atribulada e derramai sobre mim vossas santas consolações.

Mãe bondosa! Enxugai meu pranto, santificai minha alma, protegei as crianças, guiai a juventude, guardai a família, socorrei os pobres, consolai os aflitos, iluminai os que não tem fé.

Senhora da Saúde, abençoai o clero, as autoridades, a Pátria; abençoai todo o nosso povo. Que as vossas bênçãos sejam o penhor seguro das bênçãos celestiais de Deus, Nosso Senhor, e que a todos confortem e santifiquem.

Três Ave-Marias.

Nono Dia

Ó Maria, Mãe de Deus e minha Mãe carinhosa, socorrei-me na vida, valei-me na morte.

Se minha jornada é asperamente hostilizada por inimigos de toda a sorte, a última hora será ainda mais duramente assaltada pelo demônio; mas, vós, Mãe, pedi e intercedei por mim. Senhora da Saúde, permanecei junto de mim na minha derradeira hora. E, quando se aproximarem as sombras terríveis da morte, socorrei-me, com vosso valioso auxílio. Fazei que possa receber santamente em mim o vosso divino Filho na santa comunhão. E, assim, divinizado pela Sacramento, purificado pela dor, placidamente entregue em vossos braços minha alma, invocando aqui na Terra pela última vez o doce nome de Jesus e o vosso, venha repeti-los por toda a eternidade no belo Paraíso.

Três Ave-Marias.

Rogai por nós, Medianeira nossa, poderosíssima.

Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Oração

Senhor Jesus Cristo, Medianeiro nosso junto ao Pai, que Vos dignastes constituir a Vossa Mãe, a Santíssima Virgem Maria, também nossa Mãe e Medianeira junto a Vós, concedei benigno que todo aquele que suplicante se Vos dirigir, se alegre de ter alcançado por meio dela tudo o que pediu.

Vós que vivei e reinais por todos os séculos. Amém.

 

 


Benfeitor

Supermercado Teka

Benfeitor