HORÁRIO DAS MISSAS

Igreja Matriz
Quarta-feira, às 19h30min
Domingo, às 10h
Sábado, às 19h

Comunidade
São Pedro
Domingo, às 18h30min
Quinta-feira, às 20h

Menino Jesus
Terça-feira: 19h30min
Domingo, às 9h

Não se pode levantar duas bandeiras

150921_duas_bandeiras

Em qual time você joga? Assim nos ensina o Papa Francisco:

• "Há uma meditação chamada das 'duas bandeiras'. Descreve, de um lado, a bandeira do demônio e, por outro, a bandeira de Cristo. Seria como as camisas de duas equipes; e pergunta-nos, em qual delas gostaríamos de jogar. Seria como perguntar: Com quem queres jogar na vida?

•  O demônio, para recrutar jogadores, promete àqueles que jogam com ele riqueza, honras, glória e poder. Serão famosos. Serão endeusados por todos. O demônio é chamado o "pai da mentira". Ele fazia-te crer que, se fizesses certas coisas, serias feliz; mas depois você se dá conta de que você não é feliz; foste atrás de algo que, longe de te dar a felicidade, fez-te sentir mais vazio, mais triste. Promete, promete, mas não te dá nada, nunca cumpre nada do que diz. Faz-te desejar coisas que não depende dele que tu as obtenhas ou não. Faz-te depositar a esperança em algo, que nunca te fará feliz. Este é o seu jogo: falar muito, oferecer muito e não fazer nada, porque tudo o que nos propõe é fruto da divisão, de nos compararmos com os outros, de pisar a cabeça aos outros para conseguirmos as nossas coisas. Porque tudo se baseia na aparência. Faz-te crer que o teu valor depende de quanto possuis.

•  No lado oposto, apresenta-nos o jogo de Jesus. Não como algo fantástico. Jesus não nos apresenta uma vida de “estrelas”, famosos; pelo contrário, jogar com Ele é um convite à humildade, ao amor, ao serviço aos outros. Jesus não mente para nós. Não nos diz que a felicidade está na riqueza, no poder, no orgulho. Jesus não te vende fumaça. Porque sabe que a felicidade verdadeira, que enche o coração não está nos trapos que vestimos, nos sapatos que calçamos, na etiqueta de determinada marca. Ele sabe que a verdadeira felicidade encontra-se em sermos sensíveis, em aprender a chorar com os que choram, em aproximar-se de quem está triste, em deixar chorar sobre o próprio ombro, dar um abraço. 

150921_2bandeirasNós como Cristãos Católicos, devemos ser autênticos com a nossa fé. Devemos levantar somente uma bandeira, a de Jesus Cristo, e se esta não for a nossa escolha, não nos consideremos Cristãos Católicos. Também não podemos ser "mornos", a quem um dia levanta a bandeira de Jesus e no outro a do demônio ,muitas vezes se vai à missa no domingo e se adora o demônio em outros dias, se acredita em horóscopo. Como diz nas escrituras:  "Porque é morno, nem frio nem quente, estou para vomitar você da minha boca". Ap 3,16

Que possamos ser autênticos com a fé que professamos.

 

Daniele Lírio - Pascom | Pastoral da Comunicação | Paróquia Nossa Senhora da Saúde


Benfeitor

Supermercado Teka

Benfeitor