HORÁRIO DAS MISSAS

Igreja Matriz
Quarta-feira, às 19h30min
Domingo, às 10h
Sábado, às 19h

Comunidade
São Pedro
Domingo, às 18h30min
Quinta-feira, às 20h

Menino Jesus
Terça-feira: 19h30min
Domingo, às 9h

Paróquia inicia Novena contra a Depressão

160720

No dia 13 de julho iniciou-se na paróquia a 1ª Noite de Novena contra a depressão. A novena se dá nas quartas-feiras às 19h30.

Umas das doenças mais comuns nos nossos dias é a depressão. 

Tenhamos em mente que:

 

1. A depressão não é simplesmente um “mau dia”, mas sim, uma grave doença mental;
2. A depressão não está associada com a intensidade da fé. Qualquer pessoa pode se tornar vítima de suas garras hostis.

 

A depressão faz com que muitos desejos cessem, inclusive o de orar.

Os sentimentos de separação, isolamento e abandono, comuns na depressão, intensificam-se quando a pessoa sente que Deus está ausente. A alma sente tanto quanto a mente e o espírito. Embora a pessoa sinta um completo abandono, uma ausência de Deus, este se apresenta naquelas situações em que a pessoa se sente mais fraca, como canal de graça para o outro.

Como a depressão é uma doença, e grave, é necessário que seja tratada. O paciente precisa da ajuda de profissionais. Os médicos psiquiatras e os psicólogos são os mais indicados para tratá-la por serem especialistas no tratamento do aspecto fisiológico e psicológico das perturbações mentais. Justamente porque é preciso haver uma mudança de atitudes.

Encarar a vida assim pode ajudar os deprimidos a saírem desta condição:

 

– A prioridade número um de minha vida tem que ser minha recuperação;
– Neste momento, estou necessitado de ajuda;
– É necessário que eu me permita lamentar – de maneira plena e desinibida – as perdas que sofri durante a vida;
– É necessário que eu me permita ficar irado;
– É hora de parar de me castigar por falhas reais ou imaginárias;
– Sou mais do que aquilo que realizo, tenho meu próprio valor;
– Devo evitar que meu trabalho venha a se transformar em meu senhor;
– Reconheço minhas limitações. Posso ser instrumento e canal da graça e da cura de Deus, mas salvar pessoas é algo que pertence ao domínio exclusivo de Deus;
– Possuo controle sobre algumas áreas, não é possível controlar tudo e todos;
– Preciso de mais companhia e menos isolamento;
– Preciso parar de ser tão inflexível comigo mesmo.

 

É necessário que deixemos de lado os paradigmas de que depressão só ataca pessoas fracas e sem fé. É obrigação nossa – como seres humanos e cristãos – estar sempre atentos com relação às nossas reações físicas, pois o corpo fala, nos dá sinais de como está a nossa saúde mental e espiritual. Por essa razão, fiquemos também atentos às pessoas que estão ao nosso redor e nos procuram, pois podem estar sofrendo caladas, esperando uma abertura de nossa parte, nem que seja uma pequena “fresta”, para falarem de seus sentimentos e suas dores.


Daniele Lírio | PASCOM - Pastoral da Comunicação | Paróquia Nossa Senhora da Saúde


Benfeitor

Benfeitor

Supermercado Teka